terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Uma prenda de Natal da missão Chang'e 3

Foi disponibilizado na semana passada um novo arquivo com imagens em alta resolução da missão chinesa Chang'e 3. Aparentemente, as imagens foram obtidas nos primeiros dois dias lunares da missão, e incluem um espetacular panorama sobre a paisagem desolada de Mare Imbrium.

Vejam em baixo uma pequena seleção:

A Terra vista pela sonda Chang'e 3, numa sequência de 5 imagens obtidas entre 21 e 25 de dezembro de 2013.
Crédito: Academia Chinesa de Ciências/Sérgio Paulino.

O pequeno robot Yutu pousando junto à cratera Nascente Celestial. Imagem obtida pela sonda Chang'e 3, a 15 de dezembro de 2013.
Crédito: Academia Chinesa de Ciências.

O robot Yutu passando entre a Chang'e 3 e a cratera Cereais Celestiais. Imagem obtida a 21 de dezembro de 2013.
Crédito: Academia Chinesa de Ciências.

A sonda Chang'e 3 vista pelo Yutu, a 21 de dezembro de 2013.
Crédito: Academia Chinesa de Ciências.

O robot Yutu afastando-se da sonda Chang'e 3. Imagem obtida pela câmara de navegação do Yutu, a 22 de dezembro de 2013.
Crédito: Academia Chinesa de Ciências.

O robot Yutu viajando a direção a sul, numa imagem obtida pela sonda Chang'e 3, a 22 de dezembro de 2013.
Crédito: Academia Chinesa de Ciências.

Panorama sobre a cratera Palácio Púrpura, uma estrutura de impacto com cerca de 450 metros de diâmetro. Podemos ver em primeiro plano Loong Yan, a rocha Dragão. Mosaico construído com imagens obtidas, provavelmente, a 12 de janeiro de 2014 (cliquem na imagem para a verem na sua máxima resolução).
Crédito: Academia Chinesa de Ciências/ Sérgio Paulino.

Podem encontrar mais imagens aqui.

6 comentários:

  1. Qual o update desta missão, Sérgio? Isto é, soube que o robô Yutu avariou. Mas não se encontra muita coisa sobre esta missão...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ricardo,

      De acordo com a agência noticiosa chinesa ECNS, a sonda Chang'e 3 continua operacional: http://www.ecns.cn/cns-wire/2014/12-15/146672.shtml.

      Quanto ao Yutu, não há qualquer notícia recente. No passado mês de janeiro, o Yutu teve uma avaria que o impossibilitou de continuar a sua viagem de exploração. Aparentemente, conseguiu enviar dados para a Terra até ao início de setembro. A partir daí não foi detetado qualquer sinal do robot. :(

      Eliminar
    2. Opá...
      Era um robot todo pimpão... ;)

      Eliminar
  2. ah, agora que to vendo o autor do blog, eu tenho nos favoritos e sempre clico nas noticias

    ResponderEliminar